Você está aqui: Página Inicial Temas Meio ambiente | Conflitos de terra CIMI documenta aumento da violência contra indigenos
Ações do documento

CIMI documenta aumento da violência contra indigenos

O conselho indígenista missionário (CIMI) publicó um novo relatório sobre a violência contra povos indígenas no Brasil. Também os processos de demarcação de terras indígenas que não avançaram, são presentados.
CIMI documenta aumento da violência contra indigenos

Capa do Relatório

Segundo o relatório do CIMI a situação dos povos indígenas no 2014 foi caracterizado por um aumento da violência mortal, dos suicidos e da mortalidade infatil. Os homicídios contra indigenos aumentaram no 2014 37,1% relativamente a 2013.

Além de aumentar a violência contra os povos indígenos, muitos processos de demarcação ficavam parados. No governo Lula foram demarcado um total de 79 territórios, no governo de Dilma resultaram apenas 11. Dilma declarou o menor número de territórios indígenas.

Para receber todas as informações sobre a situação dos povos indígenas confere no relatiório completo.

Violência contra os Povos Indígenas no Brasil – Dados de 2014